Especialista alerta: cirurgia plástica não faz milagre

Ter um corpo perfeito e rostinho jovem para sempre é sem dúvida o sonho de muitos, e para tanto, os avanços da medicina buscam satisfazer a todos que querem fazer as pazes com o espelho. Porém, antes de tomar qualquer decisão precipitada e partir para a mesa cirúrgica, é preciso cuidado, pois cirurgia plástica não faz milagre, alerta o cirurgião plástico e diretor da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Paulo Matsudo.

Segundo o médico, alguns pacientes chegam ao consultório com uma expectativa equivocada. “Há pessoas que não têm idéia de limites, que querem ficar com a cara do Brad Pitt ou da Gisele Bündchen”, diz. Para estes pacientes, o melhor a ser feito é traze-los para a realidade. “Um profissional habilidoso consegue mostrar as expectativas de resultado possíveis de acordo com o seu perfil físico. Infelizmente alguns profissionais deixam as pessoas com a idéia de que a cirurgia plástica é capaz de tudo e não é bem assim”, observa o médico.

O especialista explica que a função da cirurgia plástica é fazer com que a pessoa se sinta bem socialmente. “Por exemplo, pessoas que sofrem com brincadeiras por causa de uma orelha ou nariz grande, ou uma mulher que se sente incomodada com o tamanho da mama, terão na cirurgia a resolução dos problemas”, completa.

Primeira consulta

A primeira consulta é tida pelo cirurgião como fator de extrema importância para o resultado cirúrgico. “É nessa consulta que o profissional vai poder avaliar as expectativas do cliente para melhor orientar e esclarecer todas as dúvidas”, afirma. Após a consulta, o paciente recebe um manual cirúrgico para minimizar as dúvidas que restarem.

Matsudo também alerta para os exageros e condições de cirurgia. “O bom profissional tem que saber falar não para um paciente nos casos em que a cirurgia plástica não resolve a causa de seu problema”. Outra dica está no fato de que a cirurgia não deve ser feita quando se está acima do peso. “O cirurgião competente não vai pensar só no lado financeiro e operar sabendo das conseqüências negativas para a pessoa”, observa.

Antes de procurar qualquer procedimento cirúrgico o paciente deve estar atento para a escolha do profissional. A forma correta de tomada de decisão deve ser feita após uma pesquisa a respeito. “As pessoas podem procurar o nome do médico no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica.org.br) para ter a certeza de que este é um profissional capacitado”, diz.(Colaborou Natália Fernandjes)

Fonte: Reporter Diário